Braga

Bombeiros de todo o Mundo vão subir escadório do Bom Jesus de Braga

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Mais de mil bombeiros vão subir o Bom Jesus de Braga, no próximo dia 24 de setembro de 2022, na prova de resistência e superação Escadórios da Humanidade, que constitui já o maior evento em Portugal, o principal da Europa e um dos mais disputados no Mundo, celebrando a consagração pela UNESCO do Santuário como Património da Humanidade, em que a Bênção dos Capacetes será a mais emblemática das diversas novidades este ano.

Num cenário que recentemente passou a ser Património Cultural Mundial, pela UNESCO, inserido no património turístico-religioso Bom Jesus – Sameiro – Falperra.

Para tal, os bombeiros e bombeiras trajam como numa operação de socorro em cenário urbano/industrial equipados com equipamento de proteção individual completo (casaco, botas, calças, capuz, luvas, capacete com viseira e “Arica” – aparelho respiratório de circuito aberto).

Com todo este equipamento vão percorrer uma distância de 615 metros, com um desnível positivo de 116 metros e os 566 degraus da escadaria do Santuário do Bom Jesus do Monte, em Braga.
A Bênção dos Capacetes, celebrada por um sacerdote católico que é também bombeiro, reforça a ligação intrínseca entre o espaço sacro e o ambiente de superação, não só física, como psíquica, protagonizado por centenas de bombeiros, de diversas paragens mundiais, em que se desafia os bombeiros nacionais e estrangeiros a ultrapassarem os seus próprios limites, promovendo o convívio, assim como o espírito de entreajuda, companheirismo, partilha, troca de experiências e conhecimento pessoal entre tantos e tantos participantes.

A prova, apoiada pela Câmara Municipal de Braga e a Confraria do Bom Jesus do Monte, organizada pela Associação Família de Elite (AFDE) e a ADN – Eventos Desportivos, decorrerá durante a manhã do dia 24 de setembro, um sábado, nos Escadórios do Bom Jesus do Monte, com a concentração de bombeiros às 08h00 e início da prova às 09h30, na zona do Pórtico, incluindo logo a entrega de prémios e depois um jantar de confraternização, através de uma equipa de colaboradores onde predominam os profissionais da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga, com o apoio de três médicos, 15 enfermeiros e equipa de fisioterapia, da Cruz Vermelha de Braga e da Associação Humanitária e Beneficente Bombeiros Voluntários de Braga, bem como equipas de cronometragem e toda a logística.

Comentários

topo