Vila Verde

Finalistas de restauração da EPATV de Vila Verde exibem saber e sabor ecológico

(c) EPATV
Partilhe esta notícia!

O requinte das cores e a delícia dos sabores, aliados a uma restauração ecológica e sustentável, traduziram a arte, conhecimentos e o engenho dos finalistas da EPATV — Escola Profissional Amar Terra Verde — que realizaram, nos dias 21 e 22 de julho, as Provas de Aptidão Profissional (PAP) de Restaurante/Bar e de Cozinha/Pastelaria.

O evento celebrou-se com um almoço luxuoso preparado por jovens finalistas competentes e inovadores que colocam o ambiente e o planeta como foco das suas receitas.

Esta foi a última e eloquente jornada da maratona de PAPs que encerra este ano letivo, deixando os professores gratos pelo empenho e criatividade demonstrados pelos seus 28 finalistas, uma vez que todos os finalistas têm emprego garantido ou prosseguem os estudos superiores.

Os jovens finalistas corresponderam às expetativas dos professores Olga Martins, António Igreja, Rodolfo Melendrez Rodriguez, Américo Silva, Nuno Silva e Miguel Lopes.

A jornada dividiu-se em duas partes, apreciadas por um júri constituído por Sandra Monteiro (Diretora Pedagógica da EPATV), representantes da Escola de Hotelaria e Turismo de Viana (Felício Dantas e José Miguel Pinto), da Associação de Hotelaria de Portugal (Camilo Sousa) Turismo Porto e Norte de Portugal (Agostinho Peixoto), Hotel Meliã (Delfim Filho), Hotel Porta Nova Collection House (José Santos), Feel Travel Minho (Rafael Oliveira), além das docentes Daniela Matos, Carla Veloso e Silvia Sá.

Na primeira parte – dedicada ao Curso Técnico de Restaurante/Bar, as provas apresentadas pelos 15 finalistas de Restaurante/Bar, as receitas têm a marca de água de produtos biológicos, sustentáveis, reaproveitáveis e reutilizáveis, com aromas e sabores das plantas aromáticas colhidas do Jardim de Aromáticas da Escola – desenvolvido no âmbito do programa Eco-Escolas.

A PAP é constituída por um relatório escrito e pela confeção e apresentação de uma receita própria e original.

Comentários

topo