Braga

Habitantes de Braga queixam-se dos ‘aceleras e jovens aos berros toda a noite’

Partilhe esta notícia!

Tem sido recorrente habitantes um pouco por toda a cidade de Braga a relatar o barulho e as confusões um pouco por toda a cidade devido ao barulho dos carros ‘alterados’ e de jovens que fazem barulho toda a noite.

O último relato a que o Semanário V teve acesso foi feito por um morador junto à avenida da Liberdade em Braga. Conta o morado “Vou tentar explicar o que tem ocorrido nas últimas noites, na Avenida da Liberdade em Braga, entre as 24H e as 05H30 da manhã. Motos e carros de grande potência com arranques ruidosos como se vivessemos numa qualquer cidade sem lei.
Para a cereja no topo do bolo e com ciclos de intervalos regulares de 10 a 15 minutos, transeuntos jovens e muitos migrantes, facilmente distinguidos pelas diferentes línguas e sotaques num frenesim e aos berros. Como exemplo que se repete e se ouve perfeitamente até ao sétimo andar, para um cidadão normal, que tencione dormir entre as horas que mencionei, não consegue mesmo.
A não ser que tome medicação forte para dormir. E ao fim de semana agrava-se.
Pensei ligar à PSP, mas como noutras ocasiões quando chegam já não conseguem apanhar os grupos e os que encontram são avisados para não fazerem ruído porque é PROIBIDO. Como se compreende estas acções nada resolvem, a não ser que desloquem um piquete entre estas horas para a Avenida, a cerca de 300 ou 400 metros da sede da PSP. Numa só noite em multas a viaturas, onde se pode circular a 50 Km/hora, enchem os cofres da PSP.
E ao mesmo tempo conseguem dissuadir meliantes da noite a tudo fazerem.
Até alguém desesperado que venha a tomar a solução por sua iniciativa, que é condenável em termos da Lei ,mas compreensível, não existindo quem nos defenda deste circo e a quem já pagamos com os nossos Impostos e Taxas. Esperemos poder contar com a PSP”, escreve o morador indignado.

Comentários

topo