Região

Vizela e Governo vão apoiar 90 famílias para terem “casas dignas”

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Noventa famílias de Vizela vão poder contar com “casas dignas”, num investimento de 6,3 milhões de euros que a câmara municipal vai realizar com o apoio do Governo, disse hoje o presidente da câmara, Vítor Hugo Salgado.

“Vizela tem ainda debilidades na área da habitação social”, disse o autarca, numa cerimónia em que foi celebrado o contrato de investimento, no âmbito da Estratégia Local de Habitação, entre o município e a tutela, com a presença do ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos.

O presidente da câmara lembrou que Vizela, no distrito de Braga, apesar dos seus 24 mil habitantes, conta apenas com 18 habitações sociais, o que considerou insuficiente para um dos poucos concelhos da região que tem registado crescimento populacional.

Para Vítor Hugo Salgado, o contrato hoje celebrado será o “ponto de partida” para o concelho começar a resolver os problemas sociais que ainda existem, prometendo que, até ao princípio de 2023, todos os procedimentos estarão finalizados.

“É uma estratégia que traz felicidade ao concelho de Vizela”, salientou, agradecendo o apoio do Governo e do ministro Pedro Nuno Santos.

O governante assinalou que Vizela é um dos melhores exemplos na “resposta forte e consistente” que deu no domínio da habitação social, no âmbito da Estratégia Local de Habitação, contribuindo para a aposta do Governo na “revolução” que o país está a assistir “ao nível da habitação social”.

O acordo hoje celebrado prevê a aquisição de 70 casas, a construção de 12 e a reabilitação de oito fogos.

Comentários

topo