País

Futura sede da TAP pode vir a custar 3,8 milhões de euros por ano

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O sindicato dos Pilotos da Aviação Civil acusou, esta quinta-feira, a gestão da TAP de “desperdiçar” as receitas do verão com “milhões de erros” cometidos ao longo do ano, segundo avança o Porto Canal. Um deles é, segundo a estrutura sindical, o “gasto desnecessário com a mudança da sede da empresa do Aeroporto de Lisboa para o Parque das Nações. Um dos edifícios na mira da companhia aérea nacional tem uma renda anual de quase 4 milhões de euros.

“A TAP está numa situação económica difícil e vai mudar de instalações?” questionam os pilotos, mas que ainda não teve resposta. Depois de a Comissão Europeia ter aprovado o plano de restruturação da companhia, que prevê a ajuda estatal de 2.550 milhões de euros, o sindicato diz que “não faz sentido” mudar de sede.

Comentários

topo