Amares

Amares denuncia falta de limpeza das bermas que coloca peregrinos “em perigo”

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Os autarcas de Amares denunciaram hoje a falta de limpeza das bermas da estrada nacional que atravessa o concelho, “colocando em perigo” os peregrinos que são obrigados a circular pelo meio da via.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Amares conta que o “estado miserável” das bermas da Estrada Nacional (EN) 205 e da EN 205/3, que “têm ervas com um metro”, revolta o município e os presidentes da junta, acusando a Infraestruturas de Portugal (IP) de não cumprir a promessa que fez de proceder à limpeza das bermas durante o mês de julho.

Segundo Manuel Moreira, as estradas são atravessadas, diariamente, “por centenas e centenas de peregrinos” que se dirigem para os santuários de São Bento da Porta Aberta, no concelho vizinho de Terras de Bouro, e de Nossa Senhora da Abadia, situado na freguesia de Santa Maria de Bouro, em Amares, e que têm de circular pelo meio das vias.

“Felizmente, até agora não houve nenhum acidente. Se houver, quero saber de quem é a responsabilidade”, avisa Manuel Moreira, eleito pela coligação PSD/CDS-PP.

“As estradas não são limpas desde março ou abril deste ano. Esta é uma zona de muita emigração, de turismo, sobretudo de alojamento local, mas, mais grave, é que aquelas vias são atravessadas, nos meses de julho e de agosto, por centenas e centenas de peregrinos a caminho de São Bento e da Senhora da Abadia. As pessoas são abrigadas a caminhar nas estradas. É um perigo para quem ali caminha de dia e de noite”, alerta o autarca.

Manuel Moreira acusa a IP de “faltar ao respeito” à população do concelho, sublinhando que “70 a 80%” dos munícipes vivem junto à estrada nacional.

“Em 17 de junho, a Assembleia Municipal tomou posição sobre este assunto e eu intervim junto da IP no sentido de esta proceder à limpeza das bermas. Recebi da parte da IP a resposta de que os trabalhos de limpeza seriam realizados em julho, mas já estamos em agosto e está tudo na mesma”, lamenta o presidente da Câmara Municipal de Amares.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da IP reconhece que “houve um atraso” em relação à previsão para a realização dos trabalhos de limpeza das bermas, acrescentando que, “no início da próxima semana”, dará início à limpeza das bermas da EN 205 e da EN 205/3.

O estado das bermas da EN 205 e da EN 205/3 levou a que a Câmara Municipal de Amares e as Juntas de Freguesia do concelho realizassem hoje uma conferência de imprensa para denunciar a situação.

Comentários

topo