Desporto

Ruben Amorim afirma que Sporting “está bem e recomenda-se”

(c) LUSA
Partilhe esta notícia!

O treinador do Sporting, Ruben Amorim, afirmou hoje que o clube de Alavalade “está bem e recomenda-se”, apesar de ter perdido cinco pontos nos três primeiros encontros da I Liga portuguesa de futebol.

Em conferência de imprensa, na Academia de Alcochete, o técnico apelou aos adeptos do clube para olharem “para o plano geral” e lembrou que tem “um plantel que é muito jovem”, mas frisou que continua a ter “muitos jogadores de qualidade”, apesar de ter vendido alguns por “mais-valias altas”.

“[O Sporting] Está no início do campeonato, já jogou no [Estádio do] Dragão e em Braga. Queríamos ganhar todos os jogos, não conseguimos, mas já jogámos esses. Portanto, o Sporting está bem e recomenda-se, ao contrário do que toda a gente diz”, atirou Amorim, na antevisão do encontro de sábado, frente ao Desportivo de Chaves.

Nesse sentido, reconheceu que “todos os clubes passam por momentos maus”, mas reforçou que “se olharmos para o geral” o clube “passa por um bom momento”, apesar de alguma contestação resultante do empate frente ao Sporting de Braga, na primeira jornada, e do desaire frente ao FC Porto, na terceira.

“Portanto, os sportinguistas têm de olhar para isso e não ir na conversa de que o Sporting está num momento mau. O que o Sporting está a ter é maus resultados em termos desportivos. Agora, no plano geral, enquanto clube, acho que passa por um bom momento”, sustentou.

No entanto, Amorim admitiu que o clube “não está, ainda, num patamar de conseguir segurar os seus jogadores” e que poderá ter de “dar dois passos atrás para voltar a ter consistência”, mas voltou a apelar à união dos sportinguistas “para não deixar cair esse trabalho” que foi feito no passado.

O técnico assumiu, ainda, que falhou no planeamento da época, ao projetá-la com Matheus Nunes, entretanto vendido ao Wolverhampton, mas frisou que “havia um objetivo” para arriscar a manutenção do internacional português e que não irá desviar-se do caminho traçado.

“Eu, como treinador, falhei no planeamento. O que temos de ter atenção agora, neste fim de mercado, é ter a certeza para onde vamos, não pensar que temos de salvar agora tudo aquilo que mudámos num planeamento de um ano. Não vamos mudar tudo agora”, garantiu.

Além disso, o treinador ‘verde e branco’ recusou comentar a possível contratação do grego Sotiris Alexandropoulos, lembrando que não é da sua “alçada” apresentar jogadores, mas assumiu que há “jogadores referenciados” que, “se calhar, podem chegar mais cedo”.

“Mas não vamos, como disse, andar atrás do prejuízo e a fazer grandes investimentos. Isso não vai acontecer, que eu saiba”, insistiu.

Ruben Amorim abordou o atual momento do Sporting durante a conferência de imprensa de antevisão do encontro com o Desportivo de Chaves, da quarta jornada da I Liga portuguesa de futebol, agendado para sábado, às 20:30, no Estádio José Alvalade, com arbitragem de André Narciso, da Associação de Futebol de Setúbal.

‘Leões’ e transmontanos seguem ambos no grupo de oitavos classificados, com quatro pontos conquistados em nove possíveis, fruto de uma vitória, um empate e uma derrota nas primeiras três jornadas.

Comentários

topo