Desporto

Roger Schmidt confirma que Ricardo Horta não será jogador do Benfica

Partilhe esta notícia!

O treinador do Benfica, Roger Schmidt, assegurou hoje que o futebolista Ricardo Horta, avançado do Sporting de Braga, não será reforço do clube da Luz, depois de vários meses de interesse público numa transferência.

No último dia do mercado de transferências, e no âmbito da conferência de imprensa de antevisão à receção ao Vizela, da quinta jornada da I Liga portuguesa de futebol, o alemão abordou os últimos rumores de mercado relacionados com o clube que lidera.

“O Ricardo Horta não vem, isso está claro”, atirou o treinador, que recusou falar sobre as possíveis contratações do avançado Julian Draxler e do central John Brooks, que têm sido fortemente associados ao Benfica, sem que tenham sido ainda oficializados.

No entanto, Roger Schmidt acabou por considerar necessário contratar outro central, devido à lesão sofrida pelo brasileiro Morato na última partida e pela saída iminente do belga Vertonghen, que o germânico também já admitiu que o Benfica o irá vender.

“O problema atual são as lesões de Morato, João Victor e Lucas Veríssimo, são muito bons jogadores. Provavelmente, vamos perder o Jan Vertonghen e temos Otamendi e António Silva como centrais prontos para jogar. São soluções de topo, mas vamos ter muitos jogos nas próximas semanas e, portanto, talvez precisemos de outro jogador para aquela posição”, expressou o técnico, contratado pelo Benfica ao PSV Eindhoven.

Apesar das movimentações habituais dos últimos dias da janela de transferências, o treinador mostrou-se “muito satisfeito com o plantel e com a forma como jogaram nas últimas semanas”, considerando que, por vezes, “é mais fácil fazer transferências nos últimos dias”, devido à pressão final dos prazos para encerramento das transferências.

O Benfica, líder isolado da I Liga, com 12 pontos em outros tantos possíveis, recebe, na sexta-feira, o Vizela, 11.º classificado, com cinco pontos, a par do Gil Vicente, em jogo da quinta ronda, às 19:00, com arbitragem de Fábio Veríssimo, da associação de Leiria.

Comentários

topo