Vila Verde

Vereador Fernando Silva diz que “Vila Verde está acima de qualquer partido”

Partilhe esta notícia!

Fernando Silva (Feitor) foi eleito vereador pelo Chega de Vila Verde nas últimas eleições autárquicas, conseguindo um resultado histórico no concelho de Vila Verde. Foi um dos poucos vereadores eleitos em Portugal pelo Chega.

Após divergências com a distrital de Braga à qual acusou de “terrorismo político”, Fernando Silva foi suspenso pelas declarações proferidas. O vereador de Vila Verde pagou desde a sua inauguração a renda da sede do partido Chega Vila Verde e todo o material na sua campanha eleitoral nas eleições autárquicas. Após mais de um ano à espera de apoio, Fernando Silva viu-se obrigado a cessar um ciclo com o partido. Fechou a sede após sustentar todas as despesas da mesma.

“Na qualidade de Vereador, encerrei as portas da Sede do Chega Vila Verde, devido à falta de apoio da Distrital de Braga e da Nacional. Esperei quase dois anos pelo apoio que nunca tive, nem para a minha campanha eleitoral. Mesmo assim assumi as despesas e lutei pelo Concelho de Vila Verde e pelos vilaverdenses. Continuarei a ser a voz de quem acreditou em mim, e nunca os irei desiludir. Um agradecimento especial a todos e contem comigo em 2025. Vila Verde e os vilaverdenses em primeiro lugar”, escreve o Vereador em comunicado nas suas redes sociais.

Fernando Silva vai dar uma conferência de imprensa e esclarecimento a todos os militantes do Chega em Vila Verde a partir da antiga sede do partido.

“Caros/as militantes, a batalha começa em Vila Verde e com pronúncia do norte. Estão convidados todos os militantes de Vila Verde e todos aqueles que querem estar presentes”, escreve o vereador do Chega de Vila Verde.

Comentários

topo