Braga

Lendária banda Sun Ra Arkestra atua este sábado em Braga

(c) Vincent-Chancey-Knoel-Scott-©-Dawid-Laskowski
Partilhe esta notícia!

Concerto do grupo que acompanhou o revolucionário músico Sun Ra apresenta-se no palco do gnration com artistas portugueses, brasileiros e norte-americanos.

O músico brasileiro Rodrigo Brandão cruzou-se pela primeira vez com a Sun Ra Arkestra em 2019. Desse encontro nasceu o disco Outros Espaço, gravado no SESC Jazz Festival e com o selo da editora portuguesa Comets Coming. Em dezembro de 2021, surgiu Outros Estado, o resultado de uma residência no Lx Livre, que uniu catorze improvisadores portugueses e brasileiros. Agora, Rodrigo volta a convidar a Akestra para uma digressão de quatro concertos em Portugal — Leiria, Coimbra, Lisboa e Braga — que unem os dois discos do artista brasileiro à energia cósmica da atmosfera da Sun Ra Arkestra.

Sun Ra, músico, compositor, poeta e criador da banda, foi um pioneiro do afrofuturismo e é lembrado como um dos maiores inovadores da história da música afroamericana. Nos anos 50, a sua banda foi das primeiras a incorporar instrumentos eletrónicos no jazz. Após o falecimento do líder, a Arkestra continuou a tocar por todo o mundo, sob a alçada do lendário saxofonista Marshall Allen.

Infelizmente, o músico, que completou 98 anos em Maio e companheiro de longa data de Sun Ra, não estará presente nas apresentações, por motivos de saúde. Vincent Chancey, na trompa, Knoel Scott, no saxofone, e Elson Nascimento, no timbalão chão, são os membros da Arkestra que acompanharão a voz de Rodrigo Brandão. O ensemble fica completo com os improvisadores portugueses e brasileiros Pedro Melo Alves, na bateria, Yedo Gibson, no saxofone, Felipe Zenícola, no baixo, e Luís Vicente, no trompete.

A residir atualmente em Lisboa, o MC e artista spoken word natural de São Paulo, Rodrigo Brandão, conta já com uma respeitosa carreira de duas décadas, em que se destacam colaborações com Pharoah Sanders, Rob Mazurek, Tony Allen, Jeff Parker, Brian Jackson ou Prince Paul. O artista trabalhou ainda com nomes de relevo da música contemporânea brasileira como Tulipa Ruiz, Juçara Marçal e Thiago França.
Vincent Chancey é um consagrado trompista natural de Chicago e membro da constelação Sun Ra Arkestra desde 1976. Para além do trabalho com a Arkestra, colaborou com artistas como Aretha Franklin, Herbie Hancock, Wayne Shorter, Carla Bley e foi integrante da Lester Bowie’s Brass Fantasy
Com 66 anos, Knoel Scott é um dos mais aplaudidos saxofonistas da música afroamericana. O músico natural de Baltimore integrou a Arkestra em 1979 e tornou-se um dos membros originais da Sun Ra Arkestra, sob orientação de Marshall Allen.
Elson Nascimento foi convidado pelo próprio Sun Ra a tocar com a Arkestra nos anos 80. Após essa primeira colaboração, o percussionista brasileiro passou a ser figura ativa no ensemble antes e depois da morte de Sun Ra.

O espetáculo sobe ao palco da blackbox às 18:00 deste sábado e os bilhetes podem ser adquiridos aqui no balcão gnration e locais habituais.

rodrigo brandão voz
vincent chancey tromba
knoel scott saxofone tenor
elson nascimento timbalão chão
pedro melo alves bateria
yedo gibson saxofone
felipe zenícola baixo
luís vicente trompete

Comentários

topo