Desporto

Braga e Sporting aproveitam derrota do FC Porto com líder Benfica

Partilhe esta notícia!

O Sporting de Braga, contra o Estoril Praia (2-0), e o Sporting, ante o Casa Pia (3-1), venceram hoje na 10.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, aproveitando a derrota do FC Porto com o Benfica (1-0).

Em Alvalade, a vitória dos ‘leões’ permitiu-lhes ultrapassar os ‘gansos’ na tabela, chegando ao quarto lugar e aos 19 pontos, mas ‘custou’ a conquistar, uma vez que Clayton adiantou os forasteiros aos 43 minutos.

Com duas vitórias nas últimas duas jornadas, mas no meio de uma ‘crise’ de resultados, com derrotas na Liga dos Campeões e a eliminação na Taça de Portugal às mãos do ‘terciário’ Varzim, os ‘verdes e brancos’ remontaram no segundo tempo, aproveitando a derrota de sexta-feira do campeão FC Porto ante o líder Benfica (1-0), no Estádio do Dragão.

Após (mais uma) defesa de Ricardo Batista, neste caso a remate do espanhol Pedro Porro, o substituto Paulinho, que tinha entrado três minutos antes, fez o empate, aos 57, e, dois minutos depois, Porro assistiu Nuno Santos para o 2-1.

Pedro Gonçalves ‘serenou’ as bancadas com o 3-1, na conversão de uma grande penalidade, aos 65, e confirmou a segunda derrota seguida do conjunto de Pina Manique, promovido este ano à I Liga e num surpreendente quinto lugar.

Nesta partida, o técnico dos vice-campeões nacionais, Rúben Amorim, promoveu ainda as estreias dos jovens Chico Lamba, defesa-central de 19 anos, e Mateus Fernandes, médio de 18, que fizeram o primeiro jogo pela equipa principal dos ‘leões’.

Antes, no Estoril, o Sporting de Braga igualou mesmo os ‘dragões’ e deu um ‘pontapé’ na crise, dado que vinha de duas derrotas na Liga, ao bater a equipa da casa com tentos de Al Musrati, aos 10 minutos, e de Vitinha, com um ‘golaço’ de fora da área aos 31, o oitavo da época em todas as competições para o internacional sub-21.

Os minhotos ‘colaram-se’ aos ‘azuis e brancos’ na tabela, com 22 pontos, e seguem a seis do líder, enquanto a ‘equipa da Linha’ deitou por terra uma série de quatro jogos consecutivos sem perder e segue em oitavo com 15 pontos, podendo ser ultrapassado ainda nesta ronda.

No primeiro jogo do dia, o Famalicão ganhou fôlego na luta pela manutenção ao vencer por 2-1 na receção ao Paços de Ferreira, que teve José Mota no banco pela primeira vez desta nova passagem pelo emblema pacense.

Kadile abriu a contagem aos 20 minutos, mas os forasteiros conseguiram igualar por Nigel Thomas, com um bom golo aos 23, antes de Francisco Moura, de cabeça aos 46, decidir a contenda para os locais.

João Pedro Sousa, também ele um treinador que entrou já com a época em curso para corrigir maus resultados, lidera uma equipa que conta já com 10 pontos, subindo provisoriamente ao 13.º posto do campeonato.

Em sentido inverso está o Paços, que chamou Mota 14 anos depois da última passagem pelo clube, que é uma de duas equipas que ainda não venceu, somando apenas dois pontos, no 17.º e penúltimo lugar – pior só o Marítimo, com um.

No domingo, o destaque vai para o Vitória de Guimarães-Boavista (20:30), um duelo entre equipas com aspirações à Europa, além do Desportivo de Chaves-Gil Vicente (18:00), o Marítimo-Arouca (15:30) e o Vizela-Santa Clara (15:30).

Comentários

topo