País

Jovem médico do INEM morreu com “depressão silenciosa” e deixa médicos de luto

(C) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Jovem médico que trabalhava para o INEM morreu ao que tudo indica após “esgotamento e Burn Out”.

Ao que tudo indica, Daniel vivia uma depressão silenciosa e as causas da morte estão a ser investigadas mas a tese de suicídio foi levantada por um médico que fez uma declaração arrepiante sobre este caso:

Comunicado na íntegra:

“DR. ESTÁ TUDO BEM?” & BURN OUT:
DR DANIEL COSTA SANTOS, 34 Anos, mais um Médico Vítima da Indiferença e Egoísmo Social , Stress e Sobrecarga Profissional, e que não deixava de ser Pessoa com problemas como outras.
Sim, tinha 34 Anos.

“Ninguém notou a depressão que tinha para o levar ao suicídio…Ele que salvou tantas vidas e Ninguém salvou a dele …” diz Ana Soares acerca de Dr Daniel Costa Santos.

Não sei, não conheço o caso pessoalmente, mas não estranho, tantas vezes NÓS perguntamos dezenas de vezes por dia: “O que se passa consigo ?” até a pessoas desconhecidas .

Mas a NÓS, mesmo até pessoas conhecidas, nunca ou poucos perguntam: “Está tudo bem consigo , Sr Doutor ?”
Dizem que somos de Ferro, os Médicos não ficam doentes , mas o Ferro, enferruja, empena e parte…

Os meus Sentimentos, à Família do meu Colega .

Dr Carlos Adriano”

Amigos e familiares ficaram em choque pois nada faria prever um desfecho tão drástico já que não havia indícios de que tal poderia acontecer.

Também a A Associação dos Jovens Médicos em comunicado manifestou o seu profundo pesar: ”Deixa-nos a todos, inclusive a muitos dos membros dos órgãos da AJOMED de quem era bastante próximo e amigo, um sentimento de enorme perda e eterna saudade.

Conhecido pelo seu sorriso fácil e boa disposição, deixa-nos a todos, inclusive a muitos dos membros dos órgãos da AJOMED de quem era bastante próximo e amigo, um sentimento de enorme perda e eterna saudade.

loading…

Comentários

topo