Braga

Mercado “sustentável” promove marcas de jovens empreendedores em Braga

Partilhe esta notícia!

A cidade de Braga vai acolher, dias 26 e 27 de novembro, a segunda edição do Mercado do Castelo, que visa promover e valorizar marcas de jovens empreendedores portugueses com o foco na sustentabilidade, foi hoje anunciado.

Em comunicado, as organizadoras acrescentam que o evento pretende também dinamizar e divulgar o empreendedorismo e a compra consciente.

O certame terá lugar no edifício nas Galerias do Largo do Paço, no centro da cidade.

Estarão presentes marcas e artistas da moda à joalharia, dos acessórios ao calçado, da decoração ao “lifestyle”.

Hurricane, uma marca de chapéus 100% portuguesa, do manequim internacional Francisco Faria, que nasceu para criar “algo disruptivo”, e cuja principal aposta é no mercado internacional, é uma das presenças garantidas.

O Quintal de Flor, marca de peças de cerâmica produzidas por artesãos portugueses e desenhados pela fundadora Lara de Sousa Dantas em honra do avô António, a emergente joalheira Carolina Curado ou as sapatilhas Wayz, feitas com materiais amigos do ambiente e desenhadas e produzidas no Porto, serão outros dos expositores.

“O Mercado no Castelo pretende dar visibilidade a marcas portuguesas e apoiar o empreendedorismo de muitos jovens empresários, com uma aposta clara na sustentabilidade e na compra inteligente e consciente através da venda de artigos duráveis e produzidos em condições justas”, referem as organizadoras, Rita Bastos Machado e Ana Ribeiro.

O mercado contará ainda com um espaço dedicado especialmente para as crianças, com ateliers de artes expressivas e leitura de histórias, assim como uma zona de alimentação, com tapas, bebidas e showcookings.

As organizadoras pretendem que o evento se torne regular e se imponha no panorama do género no norte do país.

Comentários

topo