Braga

Procissão de Nossa Senhora da Torre saiu às ruas em Braga

(C) Bombeiros Voluntários de Braga
Partilhe esta notícia!

A Irmandade de Nossa Senhora da Torre, de Braga, retomu esta sexta-feira, uma procissão de velas “perdida” há mais de 70 anos.

Em comunicado, a Irmandade recorda que esta “piedosa devoção”, datada do século XVIII, realizava-se em Braga, em ação de graças, por a cidade “ter sido totalmente preservada do grande terramoto que devastou a zona baixa de Lisboa em 1755, o que levou a intensificar a já existente devoção a Nossa Senhora da Torre que nesta altura é aclamada como Padroeira e Especialíssima defensora da Augusta Braga”.

A procissão de velas, que teve início às 21h00 junto à Torre de Santiago (Largo de S. Paulo).

A imagem de Nossa Senhora da Torre ficará na Catedral até dia 1 de novembro. Após a eucaristia solene da Irmandade, às 11h30, o andor volta à Torre de Santiago, pela Rua D. Gonçalo Pereira.

Comentários

topo