Braga

Arquidiocese de Braga diz que participou caso de abuso sexual nos anos 70

Partilhe esta notícia!

A Arquidiocese de Braga garantiu hoje que o anterior arcebispo Jorge Ortiga participou ao Ministério Público (MP) um caso de alegado abuso sexual de menores cometido na década de 70 por um padre.

Fonte da arquidiocese disse à Lusa que Jorge Ortiga teve conhecimento do caso em 2015 e que nesse mesmo ano o participou ao MP.

O padre em questão fez um pedido de dispensa de funções à Santa Sé e deixou de exercer ainda em 2015, estando desde então afastado de qualquer atividade sacerdotal.

Ainda segundo a mesma fonte, o caso acabou por ser arquivado pela justiça, por prescrição.

Na terça-feira, o Porto Canal noticiou que Jorge Ortiga encobriu o caso, resolvendo-o no seio da igreja mas não o participando ao Ministério Público.

Os abusos remontam à década de 70 e a vítima terá sido uma irmã do padre suspeito.

Comentários

topo