Braga

Costa e Sánchez ‘apadrinham’ em Braga laboratório ibérico na área alimentar

Partilhe esta notícia!

O primeiro-ministro português, António Costa, e o presidente do Governo de Espanha, Pedro Sánchez, presidiram hoje, em Braga, à assinatura de um memorando de entendimento para a criação de um laboratório ibérico na área alimentar, o Iberian FoodTec Lab.

O memorando foi assinado no Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), no âmbito do programa da 33.ª Cimeira Luso-Espanhola, que vai decorrer no resto do dia em Viana do Castelo.

O objetivo é criar no território ibérico um laboratório de excelência na área alimentar.

O Iberian FoodTec Lab (IFL) foi constituído sob a forma de consórcio, numa cerimónia que contou ainda com a presença da ministra da Ciência e Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, e da sua homóloga espanhola, Diana Morant, bem como da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e da secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Isabel Ferreira.

Segundo informação disponibilizada pelo consórcio, “o IFL irá apostar no desenvolvimento do setor em ambos os países, com base nos seus recursos endógenos, para consolidar os ‘clusters’ alimentares na região do Norte de Portugal, Galiza e Castela e Leão”.

Promover iniciativas de investigação multidisciplinar, elaborar diagnósticos sobre a situação alimentar naquelas regiões, contribuir para o desenvolvimento e implementação das políticas públicas, favorecer o intercâmbio de experiências e o diálogo entre instituições académicas, empresas e organismos internacionais, e promover uma alimentação sustentável equitativa e saudável são os objetivos da parceria.

O consórcio envolve 10 parceiros promotores: Instituto Politécnico de Bragança, Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, Universidade de Vigo, Universidade de Salamanca, Universidade de Valladolid, Universidade do Minho, Universidade Católica Portuguesa, Universidade do Porto, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

Sem quaisquer declarações aos jornalistas, António Costa e Pedro Sánchez visitaram o INL e tiveram uma pequena conversa com três investigadores, tendo ainda sido ‘brindados’ com um quadro de Miró impresso numa ‘wafer’ de silicone.

Comentários

topo