Vila Verde

Cação conseguiu faturar mais de um milhão à Câmara Municipal de Vila Verde

Partilhe esta notícia!

Carlos Rodrigues Lima, jornalista da Visão, fez um artigo especial acerca de negócios entre câmaras e agentes políticos. A peça do Semanário V “Apanhados na Teia”, a maior investigação jornalística de sempre no concelho de Vila Verde aos ajustes diretos, que levou a várias diligências da Polícia Judiciária foi usada e voltou a demonstrar os negócios que foram feitos entre agentes políticos em Vila Verde e a Câmara Municipal de Vila Verde.

O artigo fala sobre os tão afamados “ajustes diretos” que suscitaram investigações, buscas e detenções em Vila Verde devido a negócios duvidosos feitos entre presidentes da junta de freguesia e a Câmara Municipal de Vila Verde.

Fotos: Revista Visão

Carlos Cação surge de novo citado pela Visão como sendo um dos presidentes de junta que conseguiu negócios de “mais de um milhão de euros com a Camara Municipal de Vila Verde”, sendo agora deputado pelo PSD.

Empresas de presidentes de junta ganham milhões com a Câmara de Vila Verde

O “Apanhados na teia” envolveu uma investigação minuciosa em Vila Verde envolvendo vários agentes políticos.

Para ler todas as peças do caso clique no link em baixo:

https://semanariov.pt/tag/apanhados-na-teia/

Comentários

topo