Vila Verde

Vila Verde é um exemplo de ‘bem receber’ refugiados ucranianos

Partilhe esta notícia!

O concelho de Vila Verde é um território com grande historial em termos de emigração e imigração. Sempre acolhemos de braços abertos. “Gostamos de receber bem”, escreve a Presidente da Câmara de Vila Verde Júlia Fernandes.

 

Numa ação da Rede Portuguesa de Cidades Interculturais integrada no projeto ‘Welcoming Ukrainians’, em Famalicão, partilhei a experiência do nosso concelho no acolhimento de famílias ucranianas que foram obrigadas a deixar as suas terras por causa da guerra.

 

Foi uma oportunidade para enaltecer e reconhecer a solidariedade da comunidade e das instituições do concelho de Vila Verde, nomeadamente a Santa Casa da Misericórdia, que se ofereceram para acolher e integrar homens, mulheres e crianças que tiveram, de fugir à devastação. Pude também ouvir experiências de refugiados de outros municípios, como Famalicão e Santa Maria da Feira.

Este intercâmbio é também uma experiência enriquecedora e uma oportunidade para todos termos consciência da importância da paz e do respeito pela diferença entre os povos.

Muitos refugiados foram instalados na requalificada antiga Residencial Martins, da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde, em cooperação com o Município de Vila Verde.

A Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde dá emprego a muitas das mulher que vieram da Ucrânia e as crianças frequentam o infantário da instituição devidamente integrados e acompanhados.

Comentários

topo