Região

Jovem engolida pelo mar na Póvoa de Varzim de madrugada continua desaparecida

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Oito jovens foram hoje arrastados pelas ondas na praia da Lagoa em Póvoa de Varzim, de acordo com o novo balanço da capitania do porto, que mantém que uma jovem esta desaparecida no mar e que os restantes sairam ilesos.

Anteriormente, o capitão do Porto e Comandante local da Polícia Marítima da Póvoa de Varzim, Ferreira Teles, tinha dito que o grupo era constituído por quatro jovens.

“Oito jovens estavam na praia e foram apanhados pela ondulação. Sete conseguiram sair pelo próprio pé e foram transportados ao Hospital da Póvoa e uma rapariga com cerca de 20 anos está desaparecida”, disse à Lusa o capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde.

O comandante Ferreira Teles disse que o alerta para o incidente que decorreu na praia da Lagoa, na localidade de Aver-o-Mar, no concelho da Póvoa de Varzim, no distrito do Porto, foi dado às 04:48.

“Temos já um helicóptero a sobrevoar a zona e vários meios em terra. Em breve e, apesar de a barra estar fechada devido à agitação marítima, vamos contar também com uma embarcação”, disse.

No local estão elementos do Bombeiros da Póvoa do Varzim, da polícia marítima e elementos da estação salva-vidas da capitania.

Toda a costa marítima de Portugal continental está sob aviso amarelo, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) devido à forte agitação marítima.

Comentários

topo