Vila Verde

Vila Verde perdeu um ícone. Cortaram o que restava do Eucalipto de Moure

(C) Freguesia de Moure
Partilhe esta notícia!

O tronco do emblemático eucalipto de Moure, em Vila Verde, foi esta quarta-feira cortado, o que fez desaparecer um dos mais icónicos símbolos da freguesia, do concelho e da própria região, plantado junto à Estrada Nacional (EN) 201.

Entretanto, a Junta de Freguesia de Moure recorreu à rede social Facebook para reagir ao sucedido.

Comunicado na íntegra:

“Hoje é um dia triste para a nossa Freguesia. A Infraestruturas de Portugal, no culminar de um processo que já dura há vários meses, procedeu ao corte do eucalipto junto da estrada nacional 201, conhecido por todos como “eucalipto de Moure”. Esta decisão tomada pela Infraestruturas de Portugal resultou da avaliação realizada por técnicos especializados, os quais concluíram não haver as mínimas garantias de segurança para a manutenção do eucalipto, dado o estado avançado de degradação das suas raízes e do próprio tronco, o que poderia levar à sua queda, constituindo assim um perigo real para pessoas e bens, acrescido pelo facto de se situar numa zona de muito movimento. Ainda tentamos, pedindo uma avaliação independente ao estado do tronco e raízes, manter o eucalipto no local, o que não foi possível uma vez que a conclusão foi a mesma: não estavam garantidas as mínimas condições de segurança. Cientes de que o eucalipto centenário é um símbolo da nossa freguesia, mas porque a segurança das pessoas e bens está em primeiro lugar, diligenciamos junto da Infraestruturas de Portugal para que, procedendo ao corte do tronco, o mesmo fosse deixado na nossa Freguesia para que seja calorosamente aproveitado. Neste seguimento, o tronco será objeto de tratamento e integrará a obra de requalificação do espaço envolvente ao local onde atualmente se encontra, a qual já está em curso, mantendo assim viva a alma desta árvore, para que continue a ser um símbolo da nossa freguesia”.

Comentários

topo