Guimarães

Guimarães recebe Encontro sobre o Modelo Integrado de Acolhimento Familiar

Partilhe esta notícia!

No próximo dia 13 de dezembro decorrerá em Guimarães o I Encontro sobre o Modelo Integrado de Acolhimento Familiar.

O Modelo Integrado de Acolhimento Familiar está a ser desenvolvido pelo Laboratório Colaborativo ProChild CoLAB em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, e foi desenhado para dar resposta a questões prementes no panorama nacional no âmbito do Acolhimento Familiar.

A sessão de abertura, a decorrer na Fraterna – Centro Comunitário de Solidariedade e Integração Social, pelas 10h00, contará com as intervenções de Isabel Soares, Presidente do ProChild CoLAB; Rui Godinho, Diretor de Infância e Juventude da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa; Catarina Marcelino, Vice-Presidente do Conselho Diretivo do Instituto da Segurança Social, I.P.; Paulo Guerra, Juíz Desembargador no Tribunal da Relação de Coimbra; Rosário Farmhouse, Presidente na Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens e Sónia Almeida, Coordenadora Nacional para a implementação da Garantia para a Infância.

Na maioria dos países da Europa, há já mais de 15 anos que a principal resposta para o acolhimento de uma criança em perigo é o Acolhimento Familiar. No entanto, dados do Relatório CASA de 2020 indicam que em Portugal apenas 3% (N=202) das crianças acolhidas estavam em Acolhimento Familiar, predominando o acolhimento residencial.

De facto, só em 2015 a legislação nacional estipula o Acolhimento Familiar enquanto medida de colocação temporária a privilegiar para crianças em perigo, dirigida preferencialmente para crianças dos 0 aos 6 anos de idade. Esta medida tem como propósito a remoção do perigo e a definição e preparação de um projeto de vida em contexto familiar permanente, envolvendo sempre que possível o trabalho intensivo com a família de origem com vista a reunificação familiar.

É nesse âmbito que o Modelo Integrado de Acolhimento Familiar pretende, a partir de uma abordagem centrada na criança, constituir-se como modelo de avaliação e intervenção que, de forma colaborativa e integrada, visa qualificar a resposta de Acolhimento Familiar, por forma a ser proporcionar a segurança, o bem-estar e a continuidade na história de vida da criança.

Este Encontro é organizado pelo ProChild CoLAB com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, do Instituto da Segurança Social I.P., da Câmara Municipal de Guimarães e da Garantia para a Infância, assim como conta com o apoio à divulgação da Campanha “Primeiros Anos a Nossa Prioridade”.

Convidamos-vos a fazer a cobertura deste Encontro, estando disponíveis no final da manhã desse dia para qualquer esclarecimento que considerem conveniente. Em alternativa, poderão contactar através de [email protected] ou do telemóvel 93 361 80 06.

Comentários

topo