País

Marcelo festeja vitória de Portugal rodeado de crianças em associação na Amadora

(c) Frame CMTV
Partilhe esta notícia!

O Presidente da República festejou terça-feira a vitória da seleção portuguesa de futebol nos oitavos de final do Mundial do Qatar, por 6-1, contra a Suíça, rodeado de crianças na Associação Academia do Johnson, na Amadora.

Marcelo Rebelo de Sousa assistiu ao jogo sentado no chão juntamente com dezenas de crianças do Bairro do Zambujal, do Bairro da Boavista e da Cova da Moura que frequentam esta associação, onde realizam atividades desportivas, culturais e têm apoio escolar.

O chefe de Estado disse aos jornalistas que quis ir à Academia do Johnson como forma de “agradecimento e homenagem” ao seu fundador, João Semedo, que morreu na semana passada, e prometeu regressar mais vezes: “Vamos todos continuar a obra, porque merece ser continuada, é espetacular ver o ambiente que se vive aqui”.

A Presidência da República levou para as instalações da associação um ecrã gigante, bandeiras e cachecóis da seleção oferecidos pela Federação Portuguesa de Futebol e pasteis de Belém.

Marcelo Rebelo de Sousa falou à comunicação social antes, a meio e no fim do jogo, aparecendo em direto nos canais televisivos. Após o apito final, elogiou a prestação da equipa portuguesa, “com grande nível individual, mas com espírito coletivo”, e congratulou-se com a goleada.

“É uma das melhores noites, que eu me lembro, do futebol português de há muito tempo”, exclamou, abraçado a algumas crianças.

Para o Presidente da República, o selecionador nacional, Fernando Santos, “fez tudo certo, jogou com uma equipa surpresa, uma equipa sem Ronaldo” – que só entrou a meio da segunda parte – que “surpreendeu os adversários”.

No seu entender, a seleção de Portugal, “jogando assim todos os jogos, pode ganhar a copa”.

A seleção portuguesa de futebol venceu hoje a Suíça com golos de Gonçalo Ramos, que fez um ‘hat-trick’, de Pepe, Raphael Guerreiro e Rafael Leão. Nos quartos de final do Mundial do Qatar irá defrontar a seleção de Marrocos.

O chefe de Estado deslocou-se ao Qatar para ver ao vivo a estreia da seleção nacional de futebol no Campeonato do Mundo de 2022, contra a seleção do Gana, no dia 24 de novembro, e nos jogos seguintes, que viu pela televisão, quis estar também visível a apoiar a equipa portuguesa.

No segundo jogo da fase de grupos, em 28 de novembro, contra a seleção do Uruguai, esteve em Braga, com jovens, no terceiro jogo, contra a Coreia do Sul, em 02 de dezembro, no Clube Internacional de Foot-Ball, em Lisboa, e hoje na Associação Academia do Johnson, na Amadora, distrito de Lisboa.

Este projeto “pega no desporto e educa para a inclusão, para a integração, e mesmo nas comunidades mais complicadas em termos de pobreza, em termos de progressão escolar”, referiu Marcelo Rebelo de Sousa.

O Presidente da República, que já tinha visitado a Academia do Johnson, considerou que João Semedo “fez milagres, faz milagres”.

Comentários

topo