País

Empresa paga 500 euros por fim de semana a pais natais em Portugal

(C) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Ser Pai Natal por duas horas pode render 135 euros, é isso que promete a plataforma de serviços locais Fixando.

Em todo o país – e nos próximos dias – a Fixando prevê ‘arranjar’ cerca de mil Pais Natais que possam “garantir resposta aos clientes que procuram trazer alguma magia adicional aos eventos de Natal.”

Se quer ser Pai Natal por uma quadra, inscreva-se aqui.

Entre 1 de novembro e 6 de dezembro, aponta a plataforma num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso, a procura por Pais Natais para eventos e festas cresceu 20%, face ao mesmo período de 2021 e “cerca de 83% dos pedidos registados este ano não conseguiram resposta”.

A análise da Fixando revela também que é “no distrito de Lisboa (43%) que se concentra o maior número de pedidos por este serviço natalício, seguido pelo Porto (17%), Aveiro (10%) e Braga (8%)”.

“Rendimento médio de 135 euros por serviço”

Na mesma nota, Alice Nunes, diretora de novos negócios da Fixando, assinala que “esta é uma oportunidade aliciante para quem gosta de trabalhar com crianças e em animação de eventos”, sendo que os pedidos para contratação de Pais Natais se traduzem “num rendimento médio de 135 euros por serviço, com uma duração média de 2 horas”.

Dos pedidos registados, 45% são para festas de Natal pessoais/familiares, seguindo-se 15% para eventos de empresas, 10% para festas de escolas, 9% para comércio e 6% para feiras de Natal.

Comentários

topo