País

Há câmaras de ‘cortam’ na iluminação de natal e aumentam cabazes para famílias

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A Câmara de Penacova decidiu cortar na iluminação natalícia, com apenas “alguns apontamentos nos centros das três vilas do concelho”, e aproveitou esta poupança para reforçar os cabazes de Natal entregues a famílias carenciadas.

Se em 2021 aquela Câmara no distrito de Coimbra gastou quase 18 mil euros em iluminação natalícia, este ano a verba cingiu-se a apenas 4.000 euros nuns apontamentos “mais singelos” no centro das vilas de Lorvão, São Pedro de Alva e Penacova, disse à agência Lusa o vereador com a pasta da ação social, Carlos Sousa.

A decisão deve-se ao aumento excecional dos custos com energia e a um contexto económico particularmente difícil para autarquias mais pequenas, notou.

Com a poupança no investimento em iluminação, o município de Penacova optou por reforçar os cabazes de Natal, “quer em quantidade, quer em qualidade”, para as famílias carenciadas do concelho, num investimento de cerca de três mil euros, salientou Carlos Sousa.

Ao todo, deverão ser contempladas pelo cabaz centena e meia de famílias, que já recebem cabazes alimentares todos os meses.

“Além do investimento feito para melhorar os cabazes de Natal, contamos ainda com o apoio de grupos de ação social e solidariedade, que fazem recolha de bens alimentares e de prendas para as crianças”, frisou.

Em nota de imprensa, a Câmara de Penacova realçou ainda que está também em marcha uma campanha de apoio ao comércio local, que envolve mais de uma centena de estabelecimentos, em que são atribuídos vales de compras de até 500 euros, nas lojas aderentes.

Apesar dos cortes na iluminação, até 24 de dezembro, decorre no largo Alberto Leitão, em Penacova, um mercadinho de Natal, que conta com atividades para os mais novos.

Comentários

topo