Póvoa de Lanhoso

Assembleia Municipal da Póvoa de Lanhoso aprova orçamento de 23,1ME

Partilhe esta notícia!

A Assembleia Municipal (AM) da Póvoa de Lanhoso, distrito de Braga, aprovou, por unanimidade, a proposta do orçamento da autarquia para 2023, no valor global de 23,1 milhões de euros.

Os três vereadores da oposição eleitos pelo PSD, que se abstiveram na votação do documento na reunião de câmara, mudaram o sentido de voto na sessão da AM e votaram favoravelmente a proposta, após uma garantia do presidente do município, Frederico Castro (PS), que lidera o executivo com maioria.

“O PSD expôs ao pormenor todos os investimentos previstos nas freguesias e demonstrou que as verbas não estão a ser distribuídas equitativamente e que até existem Uniões de Freguesias que não têm investimentos previstos em todas as freguesias que as compõem. Após debate pormenorizado sobre o Plano e Orçamento na Assembleia Municipal, o presidente da câmara comprometeu-se perante todos a colmatar os aspetos reivindicados pelo PSD ao longo do mandato”, explicou hoje à agência Lusa, o presidente da Comissão Política do PSD local.

Luís Carvalho acrescentou que, “em articulação com os presidentes de junta do PSD e numa questão de lógica de grupo, entendeu a liderança parlamentar que os deputados municipais também votassem a favor”.

“Posto isto, a bancada parlamentar do PSD votou a favor do Plano e Orçamento para 2023, mas estará atenta à sua execução, enquanto oposição responsável, racional, construtiva e próxima no apoio a todos os autarcas das freguesias e todas as entidades concelhias, sem exceção”, adverte o presidente da Comissão Política da Secção da Póvoa de Lanhoso, do PSD.

Em comunicado, a Câmara da Póvoa de Lanhoso diz que o “documento ‘Grandes Opções do Plano e Orçamento 2023’ foi elaborado num momento em que o cenário macroeconómico se reveste de grande incerteza e acarreta enormíssimas preocupações em termos mundiais, nacionais e locais”.

“Havendo a necessidade, cada vez mais urgente, de o Estado e de as autarquias apoiarem as famílias e as empresas, o Plano de Atividades e Orçamento para 2023 reflete a estratégia do executivo para enfrentar os tempos conturbados que se avizinham, com políticas que tendam, sobretudo, para a proteção das famílias mais vulneráveis e para a sustentabilidade energética e ambiental”, sublinha o município.

A autarquia da Póvoa de Lanhoso refere que o orçamento, no valor global de 23,1 milhões de euros, está focado “para as boas práticas de gestão financeira”, salientando que serão “canalizados investimentos para as respostas necessárias à qualidade de vida dos povoenses, numa lógica de proximidade com as freguesias, num trabalho contínuo e exaustivo”.

Comentários

topo