Desporto

Moreirense segue em frente na Taça da Liga e Benfica é eliminado

Partilhe esta notícia!

O Moreirense garantiu hoje a passagem aos quartos de final da Taça de Liga de futebol, ao empatar 1-1 na receção ao Benfica, afastando os ‘encarnados’ da prova.

As duas equipas terminaram a fase de grupos com os mesmos sete pontos e com a mesma diferença de golos (3), mas a formação de Moreira de Cónegos tem mais um golo marcado (7 contra 6), permitindo-lhe, por isso, vencer o grupo.

O treinador alemão Roger Schmidt fez quatro alterações no conjunto ‘encarnado’ comparativamente com o último jogo, frente ao Penafiel. Os internacionais António Silva e Gonçalo Ramos, que estiveram com a seleção portuguesa no Mundial do Qatar, integraram o ‘onze’ inicial.

O Benfica iniciou a partida com um futebol muito rápido e a exercer muita pressão. O primeiro lance de perigo junto da baliza de Pasinato aconteceu aos seis minutos, altura em que António Silva saltou mais alto, mas cabeceou por cima na resposta a um pontapé de canto.

Os ‘encarnados’ continuaram sem dar descanso à formação da casa, que, por outro lado, sentia, até esta altura, alguma dificuldade em contrariar esta supremacia.

Aos nove minutos, após uma perigosa perda de bola do Moreirense, o Benfica quase aproveita o deslize. Gonçalo Ramos recebeu a bola à entrada da área e atirou em arco para a baliza, mas Pasinato ‘voou’ e defendeu para canto.

O primeiro remate do Moreirense à baliza contrária surgiu aos 13 minutos, num lance em que André Luís, de fora da área e em posição central, atirou muito por cima.

O Moreirense foi crescendo no terreno e acercar-se mais da baliza adversária e, aos 21 minutos, João Camacho deixou um aviso com um potente remate à barra.

Aos 24 minutos, o árbitro assinalou uma grande penalidade a favor do Moreirense por mão na bola de Florentino. André Luís não desperdiçou a oportunidade e colocou a formação da casa na frente do marcador, aos 25.

O segundo golo do Moreirense esteve muito perto de acontecer aos 32 minutos, com um remate de Frimpong na ressaca de um canto, obrigando Vlachodimos a fazer uma grande defesa.

No entanto, ainda antes do intervalo, e depois algumas ameaças, o Benfica chegou ao empate com um golo de Gonçalo Ramos, aos 43. Rafa entrou pela direita e fez o passe para o ponta de lança desviar na cara de Pasinato.

Após o intervalo, o Benfica voltou a entrar muito forte e os primeiros minutos foram de grande dificuldade para o Moreirense conseguir segurar os ataques do adversário, tendo desperdiçado várias oportunidades claras para se adiantar, tendo encontrado um Pasinato em dia sim, guarda-redes que acabou por segurar o empate.

Aos oucos, o Moreirense voltou a conseguir equilibrar a contenda e, aos 76 minutos, também teve uma grande oportunidade, com uma bola ao poste a remate de André Luís.

Comentários

topo