Vila Verde

Coucieiro ergue monumento aos antigos combatentes do Ultramar

(C) Município de Vila Verde
Partilhe esta notícia!

O justo reconhecimento para todos os soldados, assim como para as suas famílias.

A freguesia de Coucieiro inaugurou, este domingo, um monumento em homenagem aos antigos combatentes do Ultramar, num tributo à memória das pessoas mobilizadas para a guerra e chamando a atenção para o impacto do conflito para a população local.

Na cerimónia, a presidente da Câmara de Vila Verde, Júlia Rodrigues Fernandes, elogiou “o justo reconhecimento para todos os soldados, assim como para as suas famílias, que foram confrontados com o sofrimento e os horrores da guerra”.

“Este é um marco para que não sejam esquecidos os horrores da guerra e que será certamente importante para ajudar todas as pessoas, em especial as novas gerações, a compreenderem a importância e o valor insuperável da paz”, sustentou Júlia Rodrigues Fernandes.

Numa cerimónia que contou ainda com a presença da vereadora Michele Alves, o presidente da Junta da Freguesia, Luís Ferreira, destacou a satisfação por poder corresponder a um velho anseio dos antigos combatentes da freguesia, que haviam lançado o desafio para a instalação do monumento.

De acordo com o autarca da freguesia, um conjunto de 15 homens de Coucieiro combateram na guerra do Ultramar, que decorreu entre 1961 e 1974, pondo em confronto as forças militares portuguesas e as antigas colónias de Angola, Guiné-Bissau e Moçambique, em África.

Comentários

topo