País

Preços da habitação sobem 13,1% no terceiro trimestre

Partilhe esta notícia!

Os preços da habitação subiram 13,1% no terceiro trimestre face a igual período de 2021, sendo que neste período o aumento registado nas habitações existentes superou o das habitações novas, divulgou hoje o INE.

“No terceiro trimestre de 2022, o Índice de Preços da Habitação (IPHab) aumentou 13,1% em termos homólogos, 0,1 pontos percentuais abaixo do trimestre anterior”, refere o destaque do Instituto Nacional de Estatística (INE).

No período em análise, “o aumento observado nos preços das habitações existentes (14,7%) superou o das habitações novas (8,4%)”.

Face ao segundo trimestre, “o IPHab aumentou 2,9% (3,1% no segundo trimestre de 2022)” e na categoria das habitações novas, “a taxa de variação fixou-se em 4,0%, 1,4 pontos percentuais acima do aumento dos preços das habitações existentes (2,6%)”.

Entre julho e setembro, “transacionaram-se 42.223 habitações, o que representa uma taxa de variação homóloga de -2,8% e uma redução de 3,2% face ao trimestre anterior”, lê-se no comunicado.

No trimestre de referência, o valor das habitações transacionadas atingiu 8,1 mil milhões de euros, mais 9,6% que em idêntico período de 2021″, adianta, salientando que “as aquisições de alojamentos pelo setor institucional das famílias corresponderam a 36.647 unidades (86,8% do total), totalizando 6,9 mil milhões de euros”.

Neste período, 2.767 habitações foram adquiridas por compradores com domicílio fiscal fora do território nacional, um aumento homólogo de 12,6%.

Comentários

topo