Braga

Benfica testa liderança da I Liga em Braga no regresso após o Mundial2022

Partilhe esta notícia!

O Benfica tem um teste teoricamente difícil na 14.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, com uma deslocação ao campo do Sporting de Braga, com FC Porto e também Sporting à espera de uma ‘escorregadela’ do líder.

Na primeira ronda após o Mundial2022, os ‘encarnados’, ainda imbatíveis em todas as provas em 2022/23 e com uma confortável ‘almofada’ de oito pontos no comando do campeonato, deslocam-se ao Minho para medir forças com o atual terceiro classificado da prova, ‘ferido’ pela goleada sofrida em Alvalade para a Taça da Liga.

O sempre ‘quente’ Sporting de Braga-Benfica fecha mesmo, na sexta-feira, a última jornada do ano de 2022, com o FC Porto a receber o Arouca, na quarta-feira, um dia antes de o Sporting jogar em casa com o Paços de Ferreira.

Obrigados a vencer e à espera de um deslize do líder, os ‘dragões’ chegam a esta ronda no segundo posto, mas já a oito pontos do Benfica, enquanto o Sporting está ainda em pior situação, no quarto lugar, a 12.

Após o empate com o Moreirense (1-1) na Taça da Liga, que valeu uma eliminação inesperada da prova, o Benfica inicia o período ‘pós-Mundial’ num terreno tradicionalmente complicado, embora o Sporting de Braga também surja nesta fase em ‘recuperação’.

Ainda sem os campeões mundiais (Enzo Fernández e Otamendi), o Benfica procura retomar e reforçar o domínio no campeonato (12 vitórias e apenas um empate), com o Sporting de Braga, terceiro, a tentar recuperar dos 5-0 vividos em Lisboa, em Alvalade.

O clube da Luz é o último dos ‘grandes’ a entrar em campo, numa ronda em que o FC Porto tenta criar alguma pressão no duelo com o Arouca, no Dragão, com os lesionados Pepe e Evanilson como ‘baixas’ de peso.

Os campeões nacionais estão proibidos de ‘tropeçar’ na I Liga, tendo, desta vez, pela frente um rival que, esta temporada, ganhou motivação ao marcar presença pela primeira vez na fase final da Taça da Liga.

Já o Sporting, após uma espécie de uma segunda pré-temporada vitoriosa (intervalo inédito para o Campeonato do Mundo), recebe o problemático Paços de Ferreira, último classificado e ainda à espera de um sucessor para José Mota.

A equipa de Rúben Amorim, com tudo, na teoria, para sair vitoriosa, vai tentar manter o bom desempenho alcançado durante a paragem da I Liga, com jogadores como Trincão e Paulinho a deixarem boa imagem, sobretudo na goleada aplicada ao Braga na Taça da Liga.

A 14.ª jornada já teve início na última sexta-feira, com o empate em Vila do Conde entre Rio Ave e Marítimo (1-1), na estreia de José Gomes no comando dos madeirenses.

Mas, as ‘caras’ novas não ficam por aqui, com Daniel Sousa a fazer a estreia absoluta como treinador na I Liga com o Gil Vicente, na quinta-feira, na receção ao Santa Clara, e Manuel Tulipa a passar por igual situação no Vizela, que defronta na sexta-feira, em casa, o Vitória de Guimarães.

Programa da 14.ª jornada:

– Sexta-feira, 23 de dezembro:

Rio Ave – Marítimo, 1-1

– Quarta-feira, 28 de dezembro:

Portimonense – Casa Pia, 19:00

FC Porto – Arouca, 21:15

– Quinta-feira, 29 de dezembro:

Gil Vicente – Santa Clara, 17:00

Estoril Praia – Boavista, 19:00

Sporting – Paços de Ferreira, 21:15

– Sexta-feira, 30 de dezembro:

Desportivo de Chaves – Famalicão, 17:00

Vizela – Vitória de Guimarães, 19:00

Sporting de Braga – Benfica, 21:15

Comentários

topo