País

Inscrições abertas para famílias que vão acolher jovens na jornada mundial da juventude

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A organização da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 (JMJLisboa2023) está a receber inscrições para famílias de acolhimento que, em agosto de 2023, se disponibilizem a receber jovens que participarão no encontro mundial com o Papa em Portugal.

“As paróquias convidadas para receber jovens durante a semana da Jornada pertencem às dioceses de Lisboa, Santarém e Setúbal”, as chamadas dioceses de acolhimento, informa a organização da JMJLisboa2023 na sua página na internet.

De acordo com a nota, o Comité Organizador Local (COL) “irá alocar os grupos de peregrinos às paróquias destas dioceses que se inscreveram para receber peregrinos e, posteriormente, cada paróquia fará a distribuição dos peregrinos pelas famílias, considerando a proximidade que tem com a comunidade em que se insere”.

Para a organização da JMJLisboa2023, “o acolhimento de peregrinos é uma forma de participar na Jornada Mundial da Juventude, (…) ajudando os jovens a terem a melhor experiência possível na sua vivência ao longo da semana” em que decorrerá o encontro, de 01 a 06 de agosto.

Cada família que se inscreva terá de acolher um mínimo de dois peregrinos, não sendo necessário saber falar o idioma dos peregrinos que acolhem.

“O mais relevante é que a família tenha a disponibilidade de acolher os peregrinos com generosidade e de forma calorosa, contribuindo para tornar a sua experiência memorável”, acrescenta a organização, sublinhando que “a responsabilidade e controlo da idoneidade das famílias caberá às respetivas paróquias de acolhimento”.

A JMJLisboa2023, que terá as suas principais cerimónias no chamado Parque Tejo, a norte do Parque das Nações, em terrenos dos concelhos de Lisboa e Loures, deverá atrair a Portugal mais de um milhão de jovens de todo o mundo.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso de um encontro de jovens promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, tendo já passado por Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

A edição de 2023, que será encerrada pelo Papa, esteve inicialmente prevista para este ano, mas foi adiada devido à pandemia de covid-19.

O Papa Francisco foi a primeira pessoa a inscrever-se na JMJLisboa2023, no dia 23 de outubro, no Vaticano, após a celebração do Angelus. Este gesto marcou a abertura mundial das inscrições para o encontro de jovens com o pontífice.

Até ao momento, mais de 200 mil jovens de todo o mundo iniciaram já o seu processo de inscrição na JMJLisboa2023.

Comentários

topo