Desporto

Schmidt diz só estar seguro de não perder Enzo até sábado

Partilhe esta notícia!

O treinador do Benfica disse hoje que só está seguro de não perder Enzo Fernández até sábado, véspera da reabertura do mercado de transferências de futebol, mas garantiu estar focado apenas na visita ao Sporting de Braga.

“Até 31 de dezembro estamos seguros em relação a todos os jogadores. Ninguém pode comprar-nos um jogador. Por isso, na véspera do jogo com o [Sporting de] Braga estou focado apenas nisso. Tudo o resto irá acontecer, talvez, quando a janela de transferências estiver aberta”, afirmou Roger Schmidt, em conferência de imprensa, no Seixal.

A presença perante a comunicação social servia para antever o encontro da 14.ª jornada da I Liga, mas o técnico acabou por passar a maior parte do tempo a responder a perguntas sobre o médio que foi eleito o melhor jogador jovem do Mundial do Qatar e assumiu que “há sempre o risco de perder jogadores” e que no Benfica têm de estar “preparados para tudo”.

“Estes jogadores jovens, às vezes, têm oportunidades. Não é só o Enzo, são todos os jogadores. Faz parte do negócio do futebol. Se eles tiverem oportunidades, têm de tomar decisões. Eu posso dar-lhes conselhos e recomendações, mas respeito sempre as decisões dos jogadores, porque só têm uma carreira”, condescendeu o alemão.

Já relativamente ao facto de Enzo Fernández ter escrito que irá viajar para a Argentina para celebrar a noite de passagem de ano com a família, Schmidt disse não saber nada do que se passa nas redes sociais, mas foi mais intransigente.

“Somos uma equipa de futebol profissional, as regras são [iguais] para todos os jogadores. É muito importante para todos os jogadores descansarem entre os jogos, para estarem prontos para o jogo seguinte. Não há exceções quanto a isso”, frisou o treinador dos ‘encarnados’.

Relativamente à vista a Braga, o técnico revelou que preparou o encontro “com todo o plantel disponível, exceto David Neres”, incluindo Otamendi e Enzo Fernández, que disputaram o Mundial até ao último encontro e só na última semana voltaram a integrar os trabalhos no Benfica.

Schmidt admitiu que este ano “tudo é diferente” porque o Mundial decorreu a meio da época e não houve “descanso, férias e uma pré-época” para os campeões do mundo, mas garantiu que ambos “estão muito motivados” por voltar a trabalhar no clube e que até estão em vantagem em relação aos companheiros de equipa.

“Na verdade, estão na melhor situação, porque têm ritmo. São os únicos jogadores da nossa equipa que têm ritmo, portanto, o que espero é que se divirtam amanhã [sexta-feira] a jogar novamente pelo Benfica”, comentou o técnico.

O Benfica visita o Sporting de Braga na sexta-feira, em encontro da 14.ª jornada da I Liga de futebol com início marcado para as 21:15, no Estádio Municipal de Braga, e arbitragem de João Pinheiro (AF Braga).

A equipa orientada por Roger Schmidt lidera o campeonato com 37 pontos e procura voltar a aumentar para oito pontos a distância sobre o FC Porto, que venceu o Arouca, na quarta-feira, por 5-1, na jornada que marca o regresso do campeonato após um mês e meio de interrupção durante o Mundial.

Já o Sporting de Braga segue em terceiro lugar, com 28 pontos, e procura encurtar a distância para os dois rivais, mas tem de reagir à goleada de 5-0 sofrida no último jogo, frente ao Sporting, a contar para a Taça da Liga.

Comentários

topo