Braga

Ucranianos acusados de crime de ódio contra mulher russa dona de loja em Braga

(C) Semanário V
Partilhe esta notícia!

São sete ucranianos, todos residentes em Braga. Em março, poucos dias depois de a guerra entre os dois países ter começado, foram à loja Troika, que vende produtos russos e de outros pontos do Leste da Europa, e insultaram e ameaçaram a dona, uma cidadã originária da Rússia, mas com nacionalidade portuguesa, segundo avança o Jornal de Notícias.

Agora, o Ministério Público acusa-os do crime de discriminação e incitamento ao ódio e à violência.

Comentários

topo