Vila Verde

Professores do Agrupamento de Escolas de Vila Verde estão hoje em greve

(c) Semanário V
Partilhe esta notícia!

5 de janeiro, pelas 8.30, todos os professores do 1 ciclo do Agrupamento de escolas de Vila Verde e dos segundo e terceiro ciclos, estão em greve em frente à sede do agrupamento, para manifestar o seu descontentamento com as políticas do ministério de educação.

“Estas são as reivindicações pelas quais devemos estar TODOS UNIDOS”

Comunicado na íntegra:

“1. GESTÃO E RECRUTAMENTO pela graduação profissional e sem “perfis/mapas” por conselhos intermunicipais de diretores. Hoje começam pelos colegas QZP, DACL e contratados, amanhã, se nada fizermos agora, poderá abranger toda a classe docente. Não esquecemos os abusos que houve nas BCE e não aceitamos a estratégia de “dividir para reinar”.

2. AUMENTO SALARIAL que compense a inflação. Desde 2009 os professores perderam cerca de 20% do poder de compra. No mínimo queremos um aumento de 104 euros.

3. VINCULAÇÃO DINÂMICA dos contratados. A vinculação não deve ser feita pela injusta norma travão mas considerando o tempo de serviço que os professores contratados têm (independentemente se por horários completos/incompletos e/ou anuais/temporários).

4. CONTAGEM DE TODO O TEMPO DE SERVIÇO. Os enfermeiros, com lutas fortes e prolongadas, conseguiram recentemente uma vitória importante relativamente ao seu tempo de serviço. Os professores, com lutas mais fortes e prolongadas, também podem (e merecem) justiça no seu tempo de serviço roubado.

5. ACESSO AO 5.º E 7.º ESCALÕES SEM QUOTAS. O ME, mais uma vez, tentou “dividir para reinar” a nossa classe, querendo retirar as quotas de acesso a estes escalões APENAS aos professores doutorados. Defendemos que TODOS os professores devem ter esse direito.

6. Não esquecendo as ALTERAÇÕES feitas na MOBILIDADE POR DOENÇA”.

Comentários

topo