Mundo

Ucrânia: Zelensky agradece aos EUA o envio de veículos blindados Bradley

Partilhe esta notícia!

O Presidente da Ucrânia agradeceu hoje aos Estados Unidos da América (EUA) o envio de veículos blindados Bradley no último pacote de ajuda militar, sublinhando que são “exatamente o que é necessário” para o combate contra as forças russas.

Num discurso efetuado esta sexta-feira à noite, Volodymyr Zelensky considerou “muito poderoso” o pacote de ajuda militar fornecido pelos EUA e realçou a importância dos veículos blindados Bradley pelos seus mísseis antitanque, que podem fazer a diferença para as tropas ucranianas.

“Pela primeira vez, vamos ter veículos blindados Bradley – é exatamente isto que é necessário. Novas armas e munições, incluindo as de alta precisão, novos foguetes. É oportuno e forte”, declarou o chefe de Estado ucraniano, enaltecendo o homólogo americano, Joe Biden, bem como os membros do Congresso e “todos os americanos que apreciam a liberdade e que sabem que vale a pena proteger a liberdade”.

Entretanto, as autoridades ucranianas referiram hoje não ser claro se Moscovo está a cumprir o cessar-fogo unilateral de 36 horas para o Natal ortodoxo – e que a Ucrânia denunciou como um estratagema -, uma vez que algumas das forças russas avançaram com a invasão, apesar da trégua anunciada, nomeadamente na região de Luhansk, no leste do país, onde o governador regional Serhiy Haidai relatou a continuação dos bombardeamentos e ataques russos.

O Ministério da Defesa da Rússia alegou na sexta-feira que as forças ucranianas continuaram a bombardear as suas posições e esclareceu que as suas forças se limitaram a defender as posições, embora não fosse claro se essas trocas ocorreram antes ou depois do início do cessar-fogo de Moscovo.

O anunciado cessar-fogo está previsto terminar hoje à meia-noite de Moscovo, 23:00 na capital ucraniana Kiev (21:00 em Lisboa).

Comentários

topo