Região

Caçadores detidos em Mirandela com ‘chamariz ilegal’ para atrair a caça

Partilhe esta notícia!

A GNR deteve quatro caçadores, em situações distintas, no domingo, no concelho de Mirandela, durante uma ação de fiscalização ao exercício do ato venatório neste concelho do distrito de Bragança, informou hoje aquela polícia.

O Comando Territorial de Bragança divulgou, em comunicado, que os militares do Núcleo de Proteção Ambiental detetaram dois homens a caçar a menos de 250 metros de um povoado, pelo que foram detidos.

No decorrer desta ação de fiscalização foi ainda detetado outro homem que exercia a caça com recurso a um meio não autorizado, vulgarmente conhecido como chamariz.

Os três homens, com idades entre os 56 e os 77 anos, foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao tribunal de Mirandela, onde vai ter continuidade o processo em que foram apreendidos um chamariz, três armas de caça e 217 munições.

Também no concelho de Mirandela foi detido outro homem, de 67 anos e com “antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza”, mas a 05 de janeiro, por usar meios proibidos, nomeadamente um chamariz, que lhe foi apreendido, assim como uma caçadeira, 50 cartuchos e diversos documentos.

Comentários

topo