Braga

Artur Jorge não quer facilitismos para eliminar Vitória de Guimarães da Taça

Partilhe esta notícia!

O treinador do Sporting de Braga, Artur Jorge, frisou não querer “facilitismos” para os bracarenses poderem eliminar o Vitória de Guimarães, hoje, nos oitavos de final da Taça de Portugal de futebol.

As duas equipas já se defrontaram esta época, na quinta jornada da I Liga, com o triunfo a sorrir aos bracarenses, a jogarem em casa, por 1-0, com um golo tardio de Tormena (90+8 minutos).

“Foi um jogo equilibrado em termos de resultado final, porque na verdade nós tivemos maior ascendente. Mas o que fica é o 1-0 com um golo nos últimos minutos. Sei bem das dificuldades que tivemos para vencer esse jogo, estamos identificados com isso, não podemos de forma alguma cair em qualquer tipo de facilitismo. A nossa ambição não é desmedida, mas real e sustentada em trabalho. Esperamos um jogo difícil diante de um adversário que vai ter uma abordagem equilibrada e fazer a sua parte”, anteviu hoje o treinador dos bracarenses, em conferência de imprensa.

Artur Jorge disse ter as “melhores” expectativas para o jogo, salientando que o que a equipa tem alcançado é resultado do seu trabalho, e notou que este “é um jogo decisivo porque é a eliminar”, pelo que a abordagem e ambição do conjunto passa por vencer, prometendo um Sporting de Braga “motivado” e “fiel às suas ideias”.

As duas equipas vivem momentos diferentes, com o Sporting de Braga a vir de duas vitórias claras, sobre o Santa Clara (4-0, fora) e o Benfica (3-0, em casa), que lhe permitiram subir ao segundo lugar do campeonato, enquanto o Vitória de Guimarães não vence há cinco jogos consecutivos, três deles da Taça da Liga, e é sexto na I Liga.

“Temos tido a capacidade de saber lidar com as emoções também, o nosso foco é cada um dos jogos, o que fizemos para trás embala-nos e motiva-nos para dar continuidade, mas não nos retira a ambição de ganhar. É um dérbi, um jogo com caráter especial, também por ser a eliminar”, disse.

Respeitando o “potencial coletivo e individual” do Vitória de Guimarães, “uma boa equipa” pela qual tem o “máximo respeito”, Artur Jorge notou que o adversário “vale claramente pelo seu coletivo”, mas preferiu destacar o percurso da sua equipa nos últimos oito jogos, com sete vitórias e uma derrota.

“Sei a qualidade e o valor que o Vitória de Guimarães tem, conhecemos bem as suas características principais para as podermos superar”, concluiu.

Questionado sobre o que preferia alcançar, o segundo lugar no campeonato ou a conquista da Taça de Portugal, Artur Jorge respondeu que “o que interessa neste momento é vencer o Vitória de Guimarães para poder seguir em frente na Taça”.

O vencedor desta eliminatória irá jogar nos quartos-de-final com o Benfica ou o Varzim.

Sporting de Braga e Vitória de Guimarães defrontam-se a partir das 18:45 de quarta-feira, no Estádio Municipal de Braga, num jogo que será arbitrado por Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Comentários

topo