Braga

PAN denuncia condições indignas no Hospital de Braga

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A concelhia do PAN, Pessoas-Animais-Natureza, de Braga, denunciou esta sexta-feira em comunicado as condições indignas que alegadamente alguns utentes estão a passar nas urgências do Hospital de Braga.

A denúncia surge na sequência de uma queixa remetida ao partido onde eram aparentemente visíveis as condições desumanas a que estavam sujeitos vários utentes que se encontravam na urgência do Hospital de Braga na última noite.

Segundo o deputado municipal do PAN, Tiago Teixeira, “é uma situação absolutamente inaceitável. Braga, com um Hospital de referência da região, não pode de forma nenhuma admitir este tipo de cenários, nem em alturas normais, nem em picos de afluência.”

No comunicado enviado à imprensa, o também porta-voz da concelhia de Braga refere que “já enviamos um pedido de reunião urgente à administração do Hospital de Braga” bem como “informamos da situação ao executivo da Câmara Municipal”, sendo que para o partido é “essencial sermos ainda mais exigentes e tentar articular entre o Hospital de Braga, a tutela do Ministério da Saúde e eventualmente a Câmara de Braga para que se implementem medidas concretas para a resolução destas matérias, numa articulação para o bem de todos os bracarenses.”

Por fim, o PAN Braga refere que “isto não pode mesmo acontecer. O tratamento urgente aos doentes, nomeadamente aos mais vulneráveis, não pode ser nunca desprovido de humanidade. Se isto acontece, no mais básico dos direitos da sociedade, então a sociedade falha como um todo”.

Comentários

topo