Braga

Guilherme de Vila Verde e Joana de Braga nomeados para prémio “Jovem Promessa”

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O par de dança desportiva Guilherme Dias e Joana Ferreira, da escola bracarense RS Ballroom Team, foi nomeado pela Federação Portuguesa de Dança Desportiva (FPDD) como candidato ao prémio “Jovem Promessa” da Confederação do Desporto de Portugal (CDP).

A Gala do Desporto decorre no próximo dia 1 de fevereiro, no Casino Estoril e anunciará os vencedores em cada uma das categorias a concurso (atleta feminino, atleta masculino, jovem promessa, treinador, equipa e desporto adaptado).

Cada Federação Desportiva pode nomear um candidato em cada categoria e cabe depois a um júri escolher os finalistas, sendo que o resultado final recai depois sobre o júri e o público, através de votação online aqui.

O par Joana&Guilherme pratica a modalidade de dança desportiva (salão) em latinas, tendo estado a competir na época 2022, no escalão junior I intermédios.

Guilherme de Vila Verde e Joana da Bragadança brilham hoje no ‘Got Talent’ na RTP

Este par iniciou o seu percurso competitivo na dança em 2019 – ao que se seguiu um longo período de paragem de quase 2 anos devido à pandemia – tendo-se sagrado Campeão Nacional na época passada, tendo ainda sido vencedor (campeões de ranking) do Circuito Nacional da FPDD – vencendo todas as provas do circuito no seu escalão – a que se somou depois a vitória no Campeonato Regional do Baixo Minho.

O par conta ainda com algumas vitórias em competições além-fronteiras, como foi o caso de 2 trofeus consecutivos Euro-Cidade Valença Tuy. O Guilherme e a Joana tiveram também um momento de grande notoriedade recente, com a sua participação no programa Got Talent Portugal, onde foram semi finalistas em 2021.

O Guilherme tem 12 anos, a Joana tem 11, ambos treinam sob a orientação do Prof. Ricardo Silva (coadjuvado por Luísa Lima e Vítor Fernandes) e são os atletas mais jovens nomeados na categoria de Jovem Promessa para a Gala da CDP, de entre todas as modalidades desportivas a concurso.

O par de dançarinos sentiu-se bastante acarinhado e reconhecido com esta distinção por parte da FPDD, que encara também como uma responsabilidade acrescida para fazer sempre mais e melhor no futuro próximo, em prol da arte da dança, assumindo-se como um exemplo e fator de motivação dos mais jovens para a importância da prática desportiva.

Comentários

topo