Braga

Universidade do Porto integrou o dstgroup de Braga no programa “FEUP PRIM”

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

DSTGROUP INTEGRADO NO PROGRAMA EMPRESARIAL ‘FEUP PRIME’

OBJETIVO É APROXIMAR EMPRESAS E A UNIVERSIDADE PARA A REALIZAÇÃO DE PROJETOS CONJUNTOS, EM PARTICULAR NAS ÁREAS DA INVESTIGAÇÃO E INOVAÇÃO

A Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) integrou o dstgroup no programa “FEUP PRIME – Corporate Membership Programme”, numa cerimónia pública de homenagem e reconhecimento, ontem, na FEUP, e que contou com a presença do Diretor de Recursos Humanos, José Machado.

O programa “FEUP PRIME – Corporate Membership Programme”, lançado em 2009, tem como grande objetivo aproximar empresas e a universidade e facilitar a realização de projetos conjuntos, em particular de investigação e inovação.

A faculdade reconhece assim a relação duradoura do dstgroup com os seus departamentos de engenharia, o seu contributo para a Missão da FEUP e para a sua aproximação com a realidade empresarial.

O programa FEUP PRIME permite também às empresas estabelecer uma ligação direta às fontes de talento e conhecimento, proporcionando-lhes uma vantagem competitiva.

O momento da homenagem consistiu numa menção pública à cooperação existente com as diversas instituições, e cada empresa nomeada foi chamada a receber o diploma de “FEUP Affiliate”, ou seja, o reconhecimento enquanto empresa com fortes relações com os departamentos da FEUP, através da colaboração em dissertações, estágios, projetos, projetos de I&D, entre outros.

O dstgroup é um grupo empresarial português de referência, que desenvolve a sua atividade na área da Engenharia & Construção, Ambiente, Energias Renováveis, Telecomunicações, Real Estate e Ventures, e que opera também internacionalmente nos mercados de França, Reino Unido, Holanda, Mónaco e Angola. É um mecenas cultural por excelência, sendo o apoio à Cultura e à Arte parte indissociável do seu código genético, o que se reflete de forma mais visível na sua assinatura de marca building culture.

Comentários

topo