Guimarães

Aniversário de Guimarães Cidade Europeia do Desporto 2013 evoca o passado e prepara o futuro

Partilhe esta notícia!

Está apresentado o programa para X aniversário CED 2013. Sobre a Cidade Europeia do Desporto em 2013, Nelson Felgueiras, Vereador do Desporto do Município de Guimarães, afirma que este “foi um momento singular na nossa história. A primeira vez que Portugal recebeu uma Cidade Europeia do Desporto”. Aludindo ao programa da efeméride, Nelson Felgueiras destaca que está assente em três grandes objetivos: “evocar o passado, dar uma resposta concreta no presente, e projetar o futuro do Desporto em Guimarães”.

O programa está estruturado mensalmente e prevê um conjunto de variadas atividades que vão desde a criação de um Podcast “Memória do Futuro – A História do Desporto” até à criação do Observatório do Desporto, que pretende ser um espaço de reflexão e debate coletivo para pensar o Desporto na cidade para 2030

Irá começar já em fevereiro, com a publicação online do primeiro episódio de uma série de podcasts chamado “Memória do Futuro – A História do Desporto em Guimarães.

Em março será a apresentação do estudo “Hábitos Desportivos em Guimarães”, pelo Instituo Europeu de Estudos Superiores.

Abril dará uma nova roupagem ao já conhecido “Liberdade para Descolar”, um evento que envolve cerca de 5000 crianças com idades entre os 6 e os 10 anos. Esta iniciativa é composta pela realização de vários desafios motores, na perspetiva do incentivo à prática de atividade física regular, e tem uma forte componente didática e pedagógica apontando sempre aos seus cinco mandamentos originais “Dou o meu melhor”, “Sou amigo”, “Penso numa resposta”, “Tenho espírito de equipa” e “Respeito as regras”. O Descolar é também uma iniciativa que promove a igualdade de género (as equipas são compostas por 3 rapazes e 3 raparigas) envolvendo no seu planeamento e realização, os responsáveis técnicos de vários clubes de Guimarães.

Em maio haverá o arranque do Observatório do Desporto com a realização da primeira reunião. Será aqui que serão discutidas muitas das políticas desportivas municipais, com vários intervenientes no fenómeno desportivo Vimaranense, com o objetivo último de abordar ideias que melhorem o tecido desportivo local.

Em Junho temos o Guimarães Ativa!, iniciativa ambiciosa que pretende realizar aulas de atividade física em freguesias do concelho, abertas à população geral.

O mês seguinte dará lugar ao Congresso Internacional “Sustentabilidade no Desporto”, onde se abordará a importância da capacitação e do conhecimento como fundamentais para garantir a implementação de estratégias que visem a melhoria do território.

Setembro será para a Caminhada Solidária. A segunda edição desta iniciativa pretende enquadrar uma caminhada de celebração do Xº aniversário da Cidade Europeia do Desporto. Um evento com cariz solidário e que pretende integrar o maior número possível de organizações do concelho, contribuindo desta forma para a sensibilização da comunidade para a importância de uma vida ativa através a atividade física. Para além da caminhada solidária, este evento agrega igualmente provas de corrida com diferentes percursos e para várias idades.

Outubro traz Jornadas temáticas “Vida Feliz”, evento que se pretende constituir como uma oportunidade de reunião, partilha de experiências e boas práticas, entre técnicos, utentes e entidades que se dedicam à prestação de serviços conducentes à melhoria do bem-estar, saúde e qualidade de vida da população sénior. Para além da partilha de exemplos de boas práticas, esta iniciativa será composta pela realização de vários workshops temáticos, ministrados por técnicos credenciados, constituindo-se também como um importante momento formativo.

Com novembro virá a apresentação da edição atualizada do livro “A História do Desporto em Guimarães” e dezembro far-se-á o lançamento oficial da Estratégia Municipal de Promoção da Atividade Física. Documento que pretende reunir um conjunto de recomendações e orientações técnicas, com a finalidade de se implementarem estratégias para incrementar os índices de atividade física e prática desportiva regular no concelho de Guimarães. Este documento nasce da análise diagnóstica, recolha de contributos e reflexão alargada junto da comunidade vimaranense, em convergência com as estratégias nacionais e europeias para a promoção da atividade física.

Comentários

topo